Saga Ser Mãe | Unhas de Gelinho

Olá fashions 

No post de hoje, inserida na rubrica ser mãe, venho partilhar convosco a minha experiência com Unhas de Gelinho.

Experimentei fazer unhas de Gelinho, porque a minha cabeleireira já me tinha falado no assunto e como o seu estabelecimento fica perto do sitio onde trabalho, decidi o ano passado experimentar.

Eis as razões que me levaram a fazer unhas de Gelinho:

  1º durabilidade: segundo a minha cabeleireira, ao contrário dos vernizes comuns, o verniz de gel dura entre 2 a 3 semanas (sem contar com o crescimento natural da unha);

  2º unhas brilhantes e “perfeitas”: com o acabamento do top code as unhas estão sempre brilhantes e o verniz não aparece com “marcas”, isto é, com um verniz conventual se não deixarmos secar bem basta um pequeno toque que lá fica a marca ou mesmo que após 3 horas a “secar” me for deitar sei que no dia a seguir tenho a unha toda esborratada;

  3º Preço: bastante atrativo paguei apenas 10€;

  4º Tempo: ao fim de uma hora estava pronta para fazer o que quisesse (lavar loiça, ir ás compras, cozinhar etc…)

Agora vamos ao processo…

Decidi-me por um vermelho normal porque em algo novo gosto sempre de jogar pelo seguro e eu adoro unhas vermelhas, sou fã.

A 1ª coisa que não gostei foi quando começo a ver que está a limar o corpo da unha (lâmina ungueal), ok pensei tratando-se de um gel tem de ter uma base de aderência…

2º o tom que escolhi das amostras não era bem igual ao que ficou nas minhas unhas , mas sendo a base da amostra acrílica também consegui aceitar isso.

Ao fim de uma hora tinha umas unhas de fazer inveja, bem pintadas, bem arranjadas, para mim estava perfeito, comparado com o que eu normalmente consigo fazer.

O problema foi depois, ao fim de uma semana e meia o verniz começou a descascar e com a correria do dia-a-dia não tinha mesmo tempo de ir para retirar por isso adoptei a técnica do “pintar por cima” o que claro ficou algo super bizarro.

Quando finalmente retirei o verniz senti as minhas unhas completamente danificadas e muito frágeis, eu que sempre tive unhas super fortes, e ainda hoje passados mais de 2 meses as minhas unhas estão em recuperação apesar de usar óleos para hidratar e verniz específico para endurecer mas achei um processo um “pouco violento” para a unha.

Resumindo gostei muito do resultado final, mas acho que vou adoptar de novo o método antigo e ser eu a pintar com verniz normal.

E vocês fashion são adeptas das unhas de Gelinho ou Gel, contem-me tudo nos comentários.


Bjs* queridas e até ao próximo post

Comentários

Mensagens populares